FILME: A VIDA É BELA

Meu marido é o melhor do mundo pra sugerir filmes! #fato. Foi ele quem me apresentou A Espera de Um Milagre, Um Sonho de Liberdade e, semana passada, ele me falou sobre o filme A Vida é Bela que está disponível no Netflix. Além de filmes de terror, ele curte assistir filmes que tem uma história bonita que emociona ou que ensina algo pra quem assiste, como uma lição para a vida.

Falando um pouco desse último, o filme conta a história do judeu (Guido) que é levado, junto com seu filho, a um campo de concentração nazista. O longa de 1998 é italiano e já recebeu diversos prêmios europeus, além do Oscar em 1999, nos quesitos:

- Melhor filme estrangeiro

- Melhor ator

- Melhor trilha sonora.

Além do drama natural de uma história que se passa na Segunda Gerra Mundial, a história é especial por que Guido consegue preservar a inocência de seu filho em meio ao horror que viviam na Alemanha. Ele conserva a pureza do mundo perante os olhos do seu filho dizendo que tudo o que estavam vivendo lá se tratava de um jogo. E no final, o campeão ganharia um tamque de verdade.

Como não era de se esperar, chorei muito durante o filme. Sou uma manteiga derretida, fazer o que... Me marcou tanto a história de Guido que decidi compartilhar aqui com vocês e, ao mesmo tempo, atualizar a tag Filme. Vale muito a pena pra quem ainda não assistiu. Fica a dica!

0 comentários:

Deixe seu comentário