Resenha: A menina que colecionava borboletas

Essa semana passou tão rápido que quando pisquei já chegou domingo. Preciso que o tempo volte a correr de forma normal na minha vida, OMG! Semana que tem viagem a trabalho faz as atividades domésticas ficarem todas atrasadas. Mas pelo menos um lado bom eu encontrei. Como a viagem durou 3.5hs para ir e 3.5 horas pra voltar, eu aproveitei pra ler o livro A menina que colecionava borboletas da blogueira e escritora Bruna Vieira. Li rapidinho assim por que alguns contos eu já conhecia e em alguns deles optei por não ler de novo por que ainda estavam fresquinhos na minha memória. Mas os inéditos eu li tudinho. 


Assim como o primeiro livro que a Bruna Vieira lançou, esse terceiro é bem fofo, cheio de ilustrações mega lindas, é um livro bem fotogênico. Pra mim que tenho problema na visão, o tamanho das letras é excelente. Os contos curtinhos fazem você não ficar entediado na leitura. Como a própria autora falou, A menina que colecionava borboletas está mais maduro, com crônicas mais adultas sobre assuntos mais atuais que ela está vivendo nos últimos meses. Eu me identifiquei ainda mais. 


Mesmo que ela fale que algum futuro livro dela não terá crônicas inéditas, eu compraria o livro, mesmo tendo conhecido todos os textos pelo blog, por que é um livro que vale a pena ter na estante. Altamente colecionável pra mim. 

Fiz algumas fotos dele, e acho que me empolguei, hehehe. 













 Como é marca da Bruna, tem uma playlist no final.


Prepare seu marca textos pra grifar dezenas de frases fortes e profundas. 








Páginas: 151
ISBN: 978-85-8235-122-2
Editora Gutemberg

0 comentários:

Deixe seu comentário