Casamento não tem roteiro nem manual

Foto de Luciana Santos

Desde o dia da entrega dos convites do casamento, até ontem mesmo, eu ouvi pitacos de gente frustrada por ter se casado. Desses eu ouvi: "Por que tão cedo?", "Uns casando e outros largando, vai entender...", "Por que casar?"

Na minha opinião, a pessoa só não descobriu o que fazer direito com essa situação, não soube lidar, se é que me entendem. Todos os dias as dificuldades chegam do nada, sacudindo nosso sossego, mas não apenas no casamento. Isso também acontece no trabalho, com a nossa saúde, e até com o carro na garagem. E muita gente esquece que não somos iguais aos carros: Quando não servir mais basta trocar. Os carros não têm sentimento. E nós, bem, nem preciso dizer...

Pra mim, casar foi a única experiência que, até hoje, me fez sentir totalmente completa e independente. As dificuldades que eu enfrento todos os dias, fazem de mim alguém mais forte, capaz e pronta para dizer que tudo está dando muito certo até agora. Desde a convivencia com a pessoa que eu escolhi para envelhecer do meu lado, até a convivencia com meus pais, já que agora ficou só a parte boa do relacionamento com eles. 

Casamento não tem roteiro nem manual, mas uma coisa eu tenho certeza: respeito e companheirismo são duas coisas que regam o amor de todos os dias, não deixando ele secar. 

2 comentários:



  1. Lendo sua postagem eu fico pensando como tem gente negativa que adora jogar areia nos sonhos dos outros.
    Eu ainda acredito no amor apesar das decepções e apesar da modernidade que vivemos.
    E acredito que o que é verdadeiro permanece.

    bjokas Deus os abençoe =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo!! É exatamente desse jeito. Acha que não deu certo pra si, também não dará pra ninguém. É triste!!! Mas o que importa é que estou MEGA feliz! <3 Beijos! *-*

      Excluir