Resenha: Menina de vinte - Sophie Kinsella



Uuu! Nem acredito que acabou! Sinto um aperto quando termino um livro. É como se eu fizesse parte daquele mundo e, de repente, não fizesse mais... É loucura isso, gente? Enfim, acabei de ler o livro "Menina de Vinte" de Sophie Kinsella. Quem leu?

Bom, o livro conta a história de Lara Lington, uma garota de 27 anos que abandonou seu emprego e investiu todas as suas economias para ser sócia de sua melhor amiga Nátalie numa empresa de "caça-talentos". Lara foi deixada recentemente por Josh, e, não sendo o bastante, também perde sua tia-avó já no primeiro capítulo. Ela nem a conhecia, por isso não queria ir ao seu velório, mas foi mesmo assim por insistência de seus pais. Além disso, queria evitar encontrar a família e ter que falar novamente sobre o término do relacionamento.

O que ela nem imagina é que sua tia-avó se recusa a "seguir em frente" sem o colar que ganhara de seu pai e que usara durante toda a sua vida. Sadie Lancaster reaparece como fantasma para sua sobrinha-neta, única pessoa que consegue vê-la e ouvi-la e a convence de procurar incansavelmente seu colar de contas com strass.

Lara praticamente se meteu em todas as confusões que poderia imaginar para suprir os desejos de Sadie. Apesar dela ter morrido aos 105 anos, o "fantasma" do seu corpo tem apenas 23. Com toda rebeldia, coragem, ousadia e "vontade de viver" que tinha nesta idade. As duas aos poucos vão se conhecendo e aprendendo juntas lições que levarão para todo sempre. 

Este livro é comovente em vários momentos. Mostra compaixão e amizade no sentido puro e limpo da palavra. É também muito triste no momento em que Lara não sabe mais pra onde ir. E ainda muito engraçado. Lara é bastante atrapalhada na companhia de Sadie que fala o tempo todo em seu ouvido durante reuniões de negócio. Existem vários capítulos que narram ambientes corporativos e toda sua competitividade.

Além do mundo dos negócios, a autora também leva os personagens a alguns pontos turísticos de Londres, cidade que eu quero conhecer com o noivo algum dia. Descobri lugares que ainda não conhecia, nem nos livros ou na TV. Amo livros e filmes que mostram lugares ou costumes de outros países.

As duas são apaixonantes. 

Foi o primeiro livro da Sophie Kinsella que li. E, certamente, procurarei outros. O jeito que a autora escreve é tão gostoso e natural que você não percebe que toda a história é narrada em 495 folhas e 27 capítulos. Levei 19 dias para lê-lo (equilibrando leitura + trabalho + cupcakes + blog + vida social + namoro). É um dos meus livros favoritos. 

Editora Record.

E não percam!!! Está rolando aqui no Além de Mim sorteio 
do livro A CULPA É DAS ESTRELAS do John Green
Saiba mais AQUI.

Não deixe de acompanhar o Além de Mim nas redes sociais.

0 comentários:

Deixe seu comentário