Muito além do peso

Outro dia eu compartilhei la na página do face um documentário excelente sobre obesidade em crianças. Achei brilhante os esclarecimentos sobre o que comemos, a real composição dos alimentos que mais gostamos. Tive a sensação de que estava sendo ludibriada pelas grandes marcas de alimentos industrializados.

Demostração da quantidade de óleo que tem dentro de 1 (um) pacote de batata frita.

Por isso resolvi compartilhar aqui também, mas não só esse documentário. Achei também uma entrevista da produtora e do diretor do filme no programa Agora é Tarde. Vamos ver?

Primeiro o documentário:


E agora a entrevista.


Desde já eu agradeço e parabenizo todos os envolvidos pela iniciativa.

O intuito deste post não é fazer você deixar de comer produtos industrializados e afins, e sim para esclarecer o que você está comendo. Temos o direito de saber o que tem nas coisas que comemos, afinal, nossa saúde está em jogo.

2 comentários:

  1. Caramba!
    Tô aqui decidida a deixar as besteiras comestíveis de lado, partir para uma atividade física e me reeducar quanto ao que ando ingerindo rs... tá difícil, não vou negar, mas esse seu post só reforça o quanto a gente não dá importância ao que está comendo,deixa passar, depois é correr atrás do preju e blá blá blá.
    A hora é agora!
    Saúde é fundamental, temos que começar a comer bem desde cedo, porque mais tarde é complicado...
    Bjins Táti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Dani.
      Eu acho fácil dar o primeiro passo. O difícil é manter...
      Outro dia eu estava pensando, quando compramos um carro, tentamos abastecer no melhor posto, trocar o óleo com a melhor marca, e caprichar pra manter ele bem "saudável". Por que temos tanta dificuldade de fazer isso por nós mesmos, não é verdade?

      O importante é mudar a cabeça...

      Obrigada pela visita.

      Beijinhos.

      Excluir