10 desculpas de pessoas desorganizadas

Mais uma achado la do blog Vida Organizada.



1. “Não tenho tempo para me organizar!”

Essa é clássica. Encare a realidade: ninguém tem tempo. Qual a diferença entre você e uma pessoa igualmente ocupada que alcança seus objetivos? Organização. E organizar-se é saber definir prioridades. Quando você diz que não tem tempo, na verdade está dizendo que determinado assunto não é prioridade na sua vida. Não tem problema seu trabalho ser a sua principal prioridade, se você está feliz assim. Mas a maioria dos seres humanos possui sempre mais de uma prioridade na vida, nem que seja somente ter uma boa saúde, por exemplo. Comece a se organizar para definir suas prioridades.



2. “Eu sei me organizar, mas depois de um tempo tudo volta ao normal”

Então talvez você não saiba se organizar, mas arrumar o que está bagunçado durante algum tempo. Se você tivesse se organizado, teria encontrado uma solução verdadeira que não resultaria em bagunça depois. Veja porque arrumação é diferente de organização e busque soluções efetivas para a sua vida.

3. “Eu sou organizado(a), mas meu cônjuge não”

Ninguém vive em uma ilha. Se você mora sozinho(a), pode manter a organização do seu jeito em sua casa, mas e no trabalho, por exemplo? Então precisamos aprender a lidar com a desorganização dos outros se pretendemos não nos estressar no dia-a-dia. Observe os problemas de organização na sua casa e seja criativo(a). Se seu cônjuge sempre deixa a roupa suja no chão do banheiro, melhor colocar um cesto de roupa suja ali que brigar todos os dias por algo que não vai mudar. Se sua casa é desorganizada “por causa de outra pessoa”, significa que você também não é, pois está permitindo que isso aconteça. Não é para brigar, mas para pensar e encontrar saídas.

4. “Não aguento organizar e meus filhos bagunçarem tudo na sequência”

Taí uma realidade que mães e pais precisam encarar durante alguns anos: os filhos bagunçam a casa. O que você precisa fazer é encontrar uma maneira de minimizar seu estresse a respeito. Que tal um cômodo só para brincadeiras, se você tiver espaço? Você pode definir um canto da sala para este fim, por exemplo. Centralize os brinquedos em um único lugar e arrume somente no final do dia. Nada de ficar o dia inteiro recolhendo brinquedos e bufando aos quatro ventos. Isso não é bom para você nem para as pessoas ao seu redor – incluindo seus filhos. Acabe primeiro com a desordem visível. O que não pode é desistir de tudo só porque as crianças estão sendo… crianças. Você não é.

5. “Não tenho espaço em casa!”

Sua casa é pequena ou você que tem coisas demais? Não dá para organizar tralha – livre-se da tralha, tenha em casa somente aquilo que ama ou usa, e o espaço aparecerá. Pare de comprar coisas durante algum tempo e use mais o que você tem.

6. “Não tenho dinheiro para comprar os itens necessários para organização”

Postei na última linkagem de domingo um exemplo de família que mora em um único cômodo e consegue encontrar maneiras de se organizar. Em primeiro lugar, não busque a perfeição. Em segundo, faça o melhor que puder com o que você tem. Use latinhas de extrato de tomate para colocar canetas, por exemplo. Ou caixas de produtos para organizar papéis. Ou potes velhos para guardar miudezas. O que não pode é achar que nunca conseguirá ter uma casa organizada simplesmente porque não tem uma rotuladora.

7. “Preciso fazer hora extra todos os dias”

Você sabia que o profissional que trabalha até mais tarde é considerado desorganizado pela maioria dos gestores em empresas? Isso porque, se ele não consegue dar conta de suas tarefas no horário do expediente, pode ser que ele não seja tão eficiente assim. Se o caso for um acúmulo de funções, talvez seja hora de você procurar um emprego melhor para você. O que não pode é continuar como está, prejudicando todos os outros setores da sua vida.

8. “Quando chego em casa, não paro um minuto!”

É bastante provável que você não tenha um rumo a seguir, fazendo o que aparecer na sua frente primeiro. Você só tem a ganhar se organizando: pode planejar o que vai fazer para o jantar, o que vai limpar em cada dia, o que vai usar na manhã seguinte etc. A primeira coisa que você pode fazer é criar uma rotina diária com o que considera essencial – aquilo que, se não fizer, sua casa “cai”. Lavar a louça, arrumar a cama, limpar a pia do banheiro – os básicos. Com base nessa lista, vá riscando ao longo do tempo. Não precisa fazer tudo de uma vez. Você pode limpar a pia do banheiro depois que escovar os dentes, por exemplo. Veja 10 coisas que você pode fazer para manter a sua casa limpa todos os dias. O objetivo é ter foco e não se estressar por coisas que deveriam ser feitas no piloto automático, pois assim você terá tempo para descansar e fazer qualquer outra atividade que queira há tempos.

9. “Já tenho muita coisa para fazer e não quero me preocupar com mais uma”

Todo mundo tem muita coisa para fazer. Você precisa se organizar para não ter um infarto em breve. Talvez você tenha que diminuir a quantidade de coisas que faz. Conheça a minha filosofia sobre tempo e tarefas a concluir. Todo mundo passa por um momento na vida em que dá vontade de fazer tudo ao mesmo tempo. Você pode fazer tudo, mas não ao mesmo tempo, senão vai surtar. Organize-se para fazer uma coisa de cada vez (ou mais, mas não todas).

10. “Acho besteira ser organizado(a)! Eu me encontro na minha bagunça”

Então por que você está aqui? Talvez porque você queira fazer algo em sua vida e não consegue encontrar tempo? Tornar-se uma pessoa organizada não vai te deixar com TOC – basta pegar leve e focar no essencial. Ninguém precisa ser um ás da organização, mas um mínimo necessário faz parte se você não quiser “deixar a vida te levar”. Ter objetivos e trabalhar para cumprí-los pode ser algo que você deseja no momento e, se for, a organização pode te ajudar. Se você não se importa, pode continuar desorganizado. Afinal, a vida é sua. Conheça o valor do tempo e um motivo para se organizar.

0 comentários:

Deixe seu comentário