O tempo "nem sempre" volta mais...


Meus olhos se congelaram admirando a paisagem na janela...

Nesse momento eu vi que o tempo "nem sempre" volta mais. O relógio nunca anda pra trás. Nossos erros se tornam lembranças do passado, incômodos do presente, ou até inseguranças do futuro. Vai depender somente do ângulo que se vê. 

É possível ser pessimista e pensar que a grama do vizinho é sempre mais verde, ou otimista e ver o quanto a vida lhe deu oportunidades de aprendizado e inúmeras experiências incríveis a longo prazo, e que por muitas vezes a curto prazo nos pareceram um tanto amargas. Mas se a vida nos der limões, só depende de nós escolher consumi-los azedos ou fazer uma boa limonada.

Só sei que depois que passa é que a gente vê de verdade algo que deveria ter sido analisado antes, com cautela e carinho. Resta esperar que o tempo seja simpático e nos deixe uma brecha, uma oportunidade de recomeçar. Afinal, onde há erros há também desejo de acertar.

Como diria meu pai: É errando que se aprende. Devemos dar nosso melhor sempre, mas somos totalmente passíveis de erros. E se formos parar pra pensar, até um relógio parado está certo duas vezes ao dia... 

E a sombra do anoitecer tirou temporariamente de mim a paisagem. A mesma linda paisagem de antes agora havia sumido. Mas eu sabia que ela ainda estava la. Era uma questão de tempo pra tudo se normalizar...

2 comentários:

  1. você que escreve? Está muito bom! No meu blog tem um espaço só para autores / escritores, se quiser me enviar algum texto seu para ser publicado e divulgado, seria ótimo!

    Beijos, Juliane.
    www.borboletasnacabeca.jkg.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria perfeito... Vou enviar com certeza Ju... Obrigada!! *------*

      Excluir