mico de quinta


Quem: Ângela 
18 anos
Goiás.

Foi complicado aquele dia. Tive que voltar pra casa debaixo de chuva, dirigindo a moto. A viseira do capacete embaçou, meus óculos também embaçaram mas até aí tudo bem. Cheguei em casa ensopada, tirei os sapatos e o blazer mas continuei com o capacete para não molhar o cabelo. Como estava sem energia por causa do temporal não vi que a porta da sala estava fechada e bati com força a cara na porta. Minha irmã e minha mãe riram desse mico terrível e quase inacabável. Minha irmã ainda me zoou:
__ Ainda bem que você ainda estava de capacete né?!

0 comentários:

Deixe seu comentário