organizando a casa


Sabe aqueles dias que seu quarto tá de pernas pro ar? A sua mãe reclama, mas ela nem entende que apesar da bagunça você é capaz de encontrar qualquer coisa que ela quiser... Apesar disso, nós temos que concordar que arrumadinho é bem melhor! Visualmente falando, um ambiente organizado é muito mais bonito. E por isso resolvi mostrar algumas dicas pra vocês que vi no Vida Organizada e que podem facilitar MUITO a vida de vocês.

1. Coloque tudo em caixas: A caixa é a melhor amiga da organização de lugares pequenos [como é meu caso, meu quarto é uma caixa de fósforo]. Com ela você cria categorias para as coisas. Para dar certo, você deve sempre guardar as coisas na caixa correspondente [eu sei que isso deve ser policiado pois eu ja misturei tudo nessa organização]. Só coloque em caixas coisas catalogáveis, ou seja, que tenham um padrão de importância para isso e assim você conseguirá manter a arrumação. Existem no mercado caixas de papelão, coloridas ou acrílicas, de todos os tamanhos e para todas as necessidades.

2. Tenha tudo à mão (principalmente na cozinha!): O que você mais usa deve estar à vista, seja em armários ou prateleiras, inclusive mantimentos. Se os alimentos ficam escondidos, vencem sem que você perceba [legal, nunca tinha pensado nisso]. O que tem pouca utilidade, ou porque nunca vai ser usado ou porque tem um valor sentimental grande (pratarias de casamento, por exemplo), a dica é colocar em uso ou desapegar, principalmente se você vive em um apartamento pequeno.

3. Livre-se do supérfluo: Um apartamento sem entulhos é meio passo para uma casa arrumada. Coisas em desuso juntam poeira e só ocupam espaço que poderiam ser melhores utilizados. Livrar-se do supérfluo é tornar a vida mais leve e perceber que, muitas vezes, utilizamos muito pouco daquilo que acumulamos [Algumas coisas temos apego e não doamos ou nos livramos de coisas que não iremos usar. Se você guarda algo para se lembrar de um momento especial, como um vestido antigo por exemplo, tire um retrato vestindo ele que é bem menor e você vai conseguir se lembrar do mesmo jeito ocupando menos espaço] .

4. Esconda tudo o que é feio: Sabe aquela impressora antiga, cinza, que você ainda usa, mas que não combina em nada com a decoração da casa: coloque-a dentro de um armário. Esconda tudo o que for de uso, mas que não combina com o estilo do seu lar.

5. Use mantas: Cobrir os sofás com mantas ajuda a diminuir o desgaste da tapeçaria e permite que você mude a decoração sem gastar muito [Go$tei di$o!]. Há ainda outro ponto positivo: a facilidade da limpeza - se alguém derrubar um copo de vinho, não vai acabar com sua noite. 

6. Use os espaços vazios: Em espaços pequenos, ter lugar para guardar todas as coisas é essencial. Por isso a dica dos especialistas é aproveitar todos os cantinhos. Instale armários ou gavetas embaixo da cama, em cima da pia, sob as escadas, em pequenos vãos etc. Outra boa alternativa é encontrar uma dupla função para os objetos, como um baú que serve de banco, por exemplo.

7. Agrupe as roupas por categorias: Guarde as calças com calças, camisetas todas juntas ou ainda casacos com casacos. Classifique-os por ocasiões, como roupas sociais, roupas de ginástica, de lazer. Você pode, também, separar as roupas por estações, ou por cores, que fica muito bonito visualmente. Coloque sempre as roupas na primeira fila para conseguir visualizar todas, pois se você não enxergá-las, não vai usá-las #fato!

8. Encaixe seus sapatos: Uma dica comum em listas de organização é guardar os sapatos em caixas, mas muitas vezes não há espaço no guarda-roupa para guardar um par em cada caixa. Uma solução é guardar vários pares em caixas maiores, e se possível, coloque etiquetas para saber o que há dentro da caixa. As caixas evitam que o armário fique com cheiro ruim, de sapato sujo.

9. Invista em cabides: Parece besteira, mas bons cabides ajudam a organizar o armário e até a salvar algumas roupas do desgaste. Compre os de plástico mesmo, preto ou branco, que não ocupam espaço e que permitem que se pendurem várias coisas. A uniformização traz clareza. [no meu caso eu usei cabides para pendurar as revistas que eu já li, além de ficar legal pendurado eu economizo espaço em gavetas]

10. Organize os documentos: Não há nada mais estressante que precisar de um comprovante de pagamento ou de um documento para o Imposto de Renda e não encontrar [isso eu tenho que melhorar]. Organize as contas por tipo em caixas com divisória, e se possível use uma para cada ano. Assim você consegue achar fácil aquela conta de luz de janeiro de 2007. No caso de documentos importantes, mas de pouco uso, como carteira de trabalho, certidão de nascimento ou até mesmo passaporte, deixe todos juntos em uma caixinha, guardada em local seguro.

0 comentários:

Deixe seu comentário