o sol

Enquanto eu dirigia pelo caminho mais logo para vir trabalhar, observei o sol
Caminho mais longo, porém, mais tranquilo, mais fresco e mais bonito por ter o Rio bem ao lado da avenida... Dirigi pensando como o sol brilhava, mesmo tão cedo, a estrela mais brilhante que ofusca todas as outras quando está presente. No entanto, tão perigosa! Devemos nos proteger antes de nos expôr... Com fator 50 se possível! Mais ou menos como a personagem de Maggie Q do filme "Priest", rsrsrs #exagero.
Nesse rápido momento eu trouxe esse drama que criei na minha mente até a realidade. Pensei que o sol pode ser como um objetivo que almejamos tanto alcançar, do qual pode parecer tão prazeroso ou compensador. Tão... cobiçado por nós. Mas nada disso adianta, nunca teremos nada no momento errado. Precisamos estar preparados para usufruir da forma mais saudável, agradável e prazerosa. Precisamos primeiro olhar pra nós, depois olhas a diante... e só depois voar na direção que queremos chegar.

0 comentários:

Deixe seu comentário