neuróbica - mantenha seu cérebro vivo

Você já pensou que estava louca por ter colocado seu desodorante na gaveta de calcinhas? Ultimamente eu estou esquecendo tanta coisa, deixando informações passarem em branco e até mesmo esquecendo fatos que aconteceram Oo, será que eu estou maluca? Pode ter sido coincidência, mas o site: Minha vida postou uma matéria sobre uma tal de Neuróbica (exercitar o cérebro)! Eu até já tinha ouvido falar, até comprei um livro sobre esse assunto nas Lojas Americanas aqui em Itumbiara. Porém, ainda não tive tempo de ler. Devo priorizar a leitura dele, certeza! 
Mas indo direto ao assunto, eu li a matéria que recebi deles por e-mail e notei que é possível SIM melhorar essas falhas que estão acontecendo comigo. Tive um fio de esperança a partir de então. :) E algumas dicas me surpreenderam muito, jamais pensei que fazer certas coisas podiam me deixar menos zureta!
"O objetivo da neuróbica é estimular os cinco sentidos por meio de exercícios, fazendo com que você preste mais atenção nas suas ações e então, melhore seu poder de concentração e a sua memória. Não se trata de acrescentar novas atividades à sua rotina, mas de fazer de forma diferente o que é realizado diariamente".
O segredo é inverter a ordem das coisas que você está acostumado a fazer no dia-a-dia. São ações como ler ao contrário, dizer "Bom dia" ao vizinho que nunca te cumprimenta. Coisas como estas mexem com aspectos físicos, emocionais e mentais do nosso corpo. E tudo isso ajuda a estimular a produção de nutrientes do cérebro. As práticas ensinadas são bem mais simples do que palavra cruzada e testes de QI. 
A neuróbica não vai lhe devolver o cérebro dos vinte anos, mas pode ajudá-lo a acessar o seu arquivo de memórias. "Não dá para aumentar nossa capacidade cerebral, o que acontece é que com os exercícios você consegue ativar áreas do seu cérebro que deixou de usar por falta de treino"
 Abaixo, segue 21 dicas que ajudarão a exercitar a nossa massa cinzenta:

1-Use o relógio de pulso no braço direito;
2-Ande pela casa de trás para frente;

3-Vista-se de olhos fechados; 
4-Estimule o paladar, coma comidas diferentes; 
5-Leia ou veja fotos de cabeça para baixo concentrando-se em pormenores nos quais nunca tinha reparado; 
6-Veja as horas num espelho; 
7-Troque o mouse do computador de lado; 
8-Escreva ou escove os dentes utilizando a mão esquerda - ou a direita, se for canhoto; 
9-Quando for trabalhar, utilize um percurso diferente do habitual;
10-Introduza pequenas mudanças nos seus hábitos cotidianos, transformando-os em desafios para o seu cérebro; 
11-Folheie uma revista e procure uma fotografia que lhe chame a atenção. Agora pense 25 adjetivos que ache que a descrevem a imagem ou o tema fotografado; 
12-Quando for a um restaurante, tente identificar os ingredientes que compõem o prato que escolheu e concentre-se nos sabores mais subtis. No final, tire a prova dos nove junto ao garçom ou chef;
13-Ao entrar numa sala onde esteja muita gente, tente determinar quantas pessoas estão do lado esquerdo e do lado direito. Identifique os objetos que decoram a sala, feche os olhos e enumere-os;
14-Selecione uma frase de um livro e tente formar uma frase diferente utilizando as mesmas palavras;
15-Experimente jogar qualquer jogo ou praticar qualquer atividade que nunca tenha tentado antes.
16-Compre um quebra cabeças e tente encaixar as peças corretas o mais rapidamente que conseguir, cronometrando o tempo. Repita a operação e veja se progrediu;
17-Experimente memorizar aquilo que precisa comprar no supermercado, em vez de elaborar uma lista. Utilize técnicas de memorização ou separe mentalmente o tipo de produtos que precisa. Desde que funcionem, todos os métodos são válidos;
18-Recorrendo a um dicionário, aprenda uma palavra nova todos os dias e tente introduzi-la (adequadamente!) nas conversas que tiver; (Isso dá uma tag nova).
19-Ouça as notícias na rádio ou na televisão quando acordar. Durante o dia escreva os pontos principais de que se lembrar;
20-Ao ler uma palavra pense em outras cinco que começam com a mesma letra;
21-A proposta é mudar o comportamento rotineiro. Tente, faça alguma atividade diferente com seu outro lado do corpo e estimule o seu cérebro. 


O desafio da neuróbica é fazer tudo aquilo que contraria ações automáticas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional

0 comentários:

Deixe seu comentário