Insegurança

Tudo o que eu mais tenho!


(…) e o que mais me incomodou sempre foram os olhares e os cochichos, o que diziam depois que eu já não mais estava, me preocupava em saber como eu era para o resto, como era a minha imagem diante do mundo, esse era o meu maior problema. Eu me escondia atrás de uma máscara e vestia minha armadura, a maneira que encontrei de afastar os olhares de dentro de mim, conseguiam apenas ver o que eu tinha por fora, talvez por isso alguns chegaram a me odiar sem sequer me conhecer, eu nunca descobri o motivo ao certo, mas tenho certeza que o ódio existiu. Muito tempo se passou, e só hoje descobri que o meu ponto fraco são os outros e o meu maior defeito, é deixar que isso continue em mim.
[Bruna Vieira]

0 comentários:

Deixe seu comentário